carros nas ruas pos quarentena como sera o transito pesquisa

Carros nas ruas: como ficará o trânsito após a quarentena? Veja a pesquisa!

Quando sai de casa para cumprir com a sua rotina, qual é o meio de locomoção que você costuma utilizar? Quais sentimentos afloram enquanto está dentro dele? No pós pandemia, você imagina um trânsito mais ou menos complicado e seguro? Será que existirão mais carros nas ruas ? 

Enquanto você reflete sobre cada uma dessas respostas, fomos atrás de informações que possam deixar as expectativas acerca do futuro um tanto quanto menos recheadas de surpresas – negativas, claro. 

Tivemos acesso à pesquisa da Webmotors Autoinsights, que revela dados interessantes sobre o comportamento dos brasileiros quando o assunto é carro, e vamos lhe contar tudo. 

Descubra agora mesmo!

Como os usuários acreditam que será o trânsito dos carros nas ruas pós quarentena?

O estudo sobre mobilidade antes, durante e a depois da quarentena levou em consideração a opinião de 1.383 pessoas e apresentou os argumentos apresentados pelos respondentes.

Com mais de 70% das respostas, e seja em que tempo for, o carro é o meio de transporte mais popular entre os entrevistados, que acreditam (41%) em um trânsito mais carregado nas grandes cidades, quando a pandemia finalmente cessar no Brasil. Apenas 11% mostrou uma visão mais otimista, alegando que haverá uma melhora significativa.

A WebMotors Insights trouxe a público os 5 motivos principais para uma parcela tão significativa da população crer na piora da mobilidade urbana:

1 – Transportes públicos mais carregados e com muita aglomeração

Não é de hoje que sabemos o caos que, de forma geral, toma conta do transporte público dos grandes centros. Sendo assim, é normal a população acreditar que não existirão políticas para uma mudança na infraestrutura oferecida.

2 – O desemprego aumentará o número de motoristas por aplicativo e o consequente número de carros nas ruas

Mais um ponto que não é uma grande novidade. Afinal, diante de uma recessão e um custo de vida tão alto, as pessoas precisam encontrar outras formas de garantir o sustento de suas famílias. Os aplicativos já provaram ser um meio que pode ser rentável, porém, não é difícil imaginar a consequência disso: mais engarrafamentos!

3 – Fim do home office para grande parte dos trabalhadores e volta às aulas: mais carros nas ruas

Algumas empresas já anunciaram que manterão seus escritórios à distância até a chegada de uma vacina contra o Novo Coronavírus. O mesmo ocorre com boa parte das escolas, que planeja suas aulas online até a eliminação do problema. 

Com a vida retomando a normalidade, muitas pessoas imaginam que o corre-corre diário voltará com força total.

4 – A simples possibilidade de finalmente poder sair de casa sem medo

O povo está cansado de ficar em casa. Porém, essa é uma realidade que não muda o fato de um vírus letal estar circulando livremente entre todos. Desse modo, com a Covid-19 fora do caminho, é fácil prever que a ansiedade fará muita gente colocar o carro nas ruas e sair por aí. 

5 – Deficiências no planejamento urbano

Este é o motivo mais contundente para um pessimismo tão grande! Os quatro argumentos anteriores estão diretamente ligados ao fato de que não há um plano de gestão eficiente para as ruas, avenidas e estradas brasileiras. Pelo menos, para a maioria delas.

O brasileiro prefere usar carros privados no pós pandemia

Nos últimos anos, vimos um crescente número de brasileiros optando por deslocar-se através dos aplicativos de carona. Todavia, a intenção de uso da ferramenta está diminuindo:

  • Antes da pandemia, 16% preferiam os aplicativos;
  • Durante, o número caiu para 11%;
  • Para o pós, há uma estimativa de queda ainda maior: para 8%.

O transporte público é o meio mais rejeitado!

E as razões são compreensíveis, depois de um período tão longo de revisão de hábitos e conscientização. O brasileiro quer conviver cada vez menos com riscos de contaminação, além de trazer à tona uma necessidade de sentir-se seguro. 

Com um veículo particular, há uma percepção de proteção, já que é do conhecimento do motorista e dos passageiros como funciona a higienização daquele ambiente.

A Geração Hyundai traz ao mercado automotivo a qualidade de uma marca que testa 100% dos carros produzidos e dá 5 anos de garantia. Agende um test drive hoje mesmo, e dirija pelas ruas com carros modernos, potentes e seguros. 

Deixe um comentário!

comentários