manutencao do carro quebra galhos para nao fazer sozinho sem a ajuda de um profissional

Manutenção do carro: 6 situações que você não deve resolver sozinho

Qual foi a última vez que você visitou a concessionária ou aquele mecânico de confiança? Seja por prevenção ou qualquer eventual problema que apresente, apenas um profissional é capaz de realizar a correta manutenção do carro.

O que queremos dizer com tudo isso?

Nosso objetivo neste artigo é, definitivamente, demovê-lo da ideia de utilizar-se de quaisquer gambiarras ou paliativos. A internet ensina muitas coisas úteis para fazer por conta própria mas, quando se trata do seu veículo, o barato pode sair muito caro.

A Geração Hyundai elencou neste conteúdo 6 jeitinhos populares dos quais você deve passar bem longe.

1 – Pneus e rodas: troque-os sempre por materiais novos

Pneu careca deve ser aposentado!

E a razão é óbvia: os altos riscos para a vida dos ocupantes do veículo, e dos demais usuários do trânsito, são iminentes. Assim sendo, nada de improvisar. 

Alguns borracheiros costumam ter uma ferramenta que constrói mais sulcos, dando a impressão de que o pneu está 100% utilizável. Não caia nessa! A impressão de falsa segurança pode resultar em uma tragédia. 

Quanto às rodas, bem… contar com instrumentos para desamassá-las é pura perda de tempo. Martelos e prensas não combinam com a matéria-prima de fabricação de uma roda – que tem uma zona elástica (que volta à sua forma original mesmo com impactos) e uma zona plástica (quando “restaurada” fica totalmente fragilizada).

Portanto, lembre-se sempre que os dois itens não devem ser negligenciados!

2 – Peças de segunda mão: por que evitá-las?

Você gosta de viver perigosamente?

Então sinta-se à vontade para comprar peças em desmanches ou naqueles aplicativos nos quais pessoas físicas ofertam de tudo. Afinal, não saber o que esperar pode ser bem divertido, certo!?

ERRADO, né!?

Todos os itens que possam comprometer, de alguma forma, o bem-estar dos ocupantes do veículo, e de todo mundo que circula pelas ruas, avenidas e estradas sempre devem ser substituídos por novos.

3 – Vazamentos: conserte-os de verdade

Eles não são a melhor companhia para quem trafega por aí. E mais importante do que fazer a manutenção do carro no quesito reparar os vazamentos de óleo, é priorizar o jeito adequado. 

Buscar paliativos é a mesmo que pegar o seu dinheiro e rasgá-lo sem dó nem piedade. Pode parecer um grande prejuízo à primeira vista, mas acredite: sairá muito mais dispendioso pagar duas vezes, por ter preferido buscar um serviço temporário. 

4 – Freios e Airbags: para eles, os reparos na manutenção do carro devem ser criteriosos

Repita conosco: “oficina especializada”…“oficina especializada”… “oficina especializada”.

Memorize o mantra que você deve revisitar, sempre que os assuntos em questão forem freios (especialmente os abs) e airbags. Estamos falando, primordialmente, em segurança aqui. Seja responsável!

5 – Sem remendar os cintos de segurança na manutenção do carro!

Seu kit de agulhas e linhas não serão eficientes para recuperar os problemas com os cintos de segurança do veículo. 

Ao identificá-los, leve-o até profissionais especializados! Do contrário, espere a chegada daquela multa bem cara. Pior do que isso, em um eventual acidente, prepare-se para vestir o para-brisa.

6 – Válvula termostática: você precisa dela

O mau funcionamento da válvula termostática pode provocar superaquecimento. 

Sendo assim, a solução mais eficiente é dar adeus a ela. Isso é perfeito, claro, se você substituí-la por outra peça igual e de qualidade, algo que muitos motoristas deixam para depois ou, simplesmente, não fazem. 

Adotando essa mentalidade, o motor terá desgastes antes da hora e o prejuízo será enorme! O que você prefere?

No quesito manutenção do carro, busque o auxílio de quem sabe o que faz

Em manutenção do carro, todos os itens devem ser levados a sério. Quebra-galhos não podem ser encarados como a saída para os danos sofridos.

Cumpra com todas as prevenções previstas em concessionárias como a Geração Hyundai, e escolha profissionais éticos e comprometidos para confiar o seu veículo

Gostou do conteúdo? Compartilhe suas experiências aqui conosco e ajude-nos a educar os motoristas do nosso Brasil!

Deixe um comentário!

comentários